Português English
EMAIL GRATIS(8 Mb)

CHAT ONLINE (NOVO)

Noticias
   Actualidades
   Cinema
   Desporto
   Eventos Sociais
   Exposições
   Jogos
   Literatura
   Musica
   Teatro
   Turismo

INSIDE SHOP

Entrevistas
Passatempos
Agenda
Classificados
Forum

Bares e Discotecas
MAYA - Horoscopo
ALCIONE Psicologia
Bilheteira

TRÂNSITO

PROGRAMAÇÃO TV
   RTP1
   RTP2
   SIC
   TVI

A Equipa Inside
Publicidade
Contacte-nos
Novos utilizadores
Perdeu a sua password?




 » HOME : Entrevistas

Entrevista com Roberta Medina
Maio de 2006

Entrevista: Maio de 2006


Roberta Medina é ainda uma jovem, mas o talento e o trabalho já estão mais que reconhecidos, ainda para mais com a herança que tem, de um homem que criou um Festival Mundial que está mais que implementado na vida das pessoas


JI - Quando é que decidiu que gostava de se envolver num projecto que se chama “Rock in Rio”?

RM - Não foi bem pelo Rock in Rio que eu ganhei o gosto, foi mais por uma outra coisa que se chama: Produção.
O Rock in Rio é uma coisa que eu via desde pequena, até porque o meu pai é uma pessoa muito envolvente, um sonhador que faz com que tudo o que pensa e fala, pareça que é possível. Então a frase chave que me ficou é: que nada é impossível.
Comecei por me envolver e trabalhar num, espectáculo da Disney, através de um convite que foi meio estranho. O Organizador era um cliente do meu pai, e quando viu que eu estava tão envolvida, perguntou-me se eu queria trabalhar no espectáculo e eu para dizer a verdade achei que ele estava a gozar (risos), só que uma semana depois ele voltou-me a ligar a perguntar se eu não ia aceitar o convite, e eu aí não pensei mais e fui.
Uma coisa engraçada é que mesmo tendo vivido os eventos que pontualmente o meu pai realizava, eu não tinha noção de como as coisas se faziam, principalmente no 2º Rock in Rio que é o primeiro que eu me lembro melhor.
Quando fui trabalhar neste espectáculo, comecei a ter noção do marketing, porque eu fazia a ponte com a equipa de produção, e o que aconteceu é que um mundo novo abriu-se à minha frente, e eu automaticamente identifiquei-me com a parte que trata de todos os pormenores, para que um evento aconteça.
Continuei a trabalhar noutros eventos, e acabei por ir trabalhar na agência do meu pai, por causa da Árvore de Natal do Rio de Janeiro que já se faz há 10 anos. A primeira Árvore de Natal, eu fiz para a empresa de produção que trabalha para ele, e a segunda vez já me chamaram para fazer a ligação entre o cliente e a produção, e de tudo o que a envolvia.
Experimentei outros trabalhos, mas não me seduziram, acabei por perceber que o que eu gosto é de fazer produção e acabei por montar um departamento de eventos, para onde acabavam por mandar até algumas ideias mirabolantes.
Em 2000, o meu pai vendeu o Rock in Rio, e como eu era o link com as empresas de produção, resolvi juntá-las todas para o meu pai distribuir as tarefas porque lá no Brasil é um pouco diferente do que aqui que se consegue trabalhar com uma equipa. Há muitas empresas envolvidas. Depois de tudo organizado no fim dessa distribuição, o meu pai disse que eu era a coordenadora da produção. Eu fiquei a olhar para ele, e depois de muita insistência eu acabei por aceitar o cargo. [hl]Como coragem não falta e adoro desafios aí fui eu para mais uma aventura.[/hl]
Entretanto, foi criada a “Dream Factory”, uma produtora de eventos, e eu fiquei à frente no Brasil.
Quando vim para cá, foi o meu irmão que ficou à frente da empresa. E agora cá estamos para mais um evento.


JI – O Rock in Rio mais do que uma grande festa é um festival com uma componente social que é a sua base. Fale-me do que implica essa componente?

RM - Eu tenho o privilégio muito grande de ter entrado no 3º Rock in Rio que foi precisamente, a altura em que esta festa deixou de ser só um festival de música e passou a ser, um festival de música, de entretenimento, por um projecto social, saído da crença de um homem.
Naquele momento o Rock in Rio mudou de perfil, não deixou de ser o encontro das maiores bandas internacionais, mas o palco deixa de ser um só, passando a haver mais palcos, com um dia inteiro de festa, que é dedicado à família, aos amigos, às crianças, ou seja passou a ser muito mais amplo.
O Projecto Social surgiu com uma crença do Roberto.
O Rock in Rio no Brasil, é uma paixão. Aconteceu pela primeira vez em 1985, e acabou por ser uma espécie de Woodstock para o país. Foi uma explosão de emoções para todas as pessoas e acabou por ser o centro de comemorações que marcou a vida dessas pessoas. Houve casamentos, pessoas que montaram empresas. Ali fez-se história.
Posso dizer que este é um evento carregado de amor, porque tem o amor das pessoas, e por isso este evento tem o interesse dessas mesmas pessoas.
Quando se fala hoje em dia em Rock in Rio, há muitas pessoas que querem ir, e o Roberto percebeu isso, e percebeu que tinha um canhão de comunicação nas mãos que podia ser usado para passar uma outra mensagem. Assim nasceu um festival, “Por um mundo melhor”.
“Por um Mundo Melhor “ sai de uma crença muito pessoal, e nasce mesmo antes do marketing social, até porque eu como filha muitas vezes antes de ir dormir, ficava a filosofar com o meu pai sobre o mundo. O mundo está a reclamar atenção urgente e todos têm de olhar para ele e pensar no que poderão fazer por um mundo melhor, porque um mundo doente não serve para ninguém.
Se as pessoas virem um cartaz a dizer “Rock in Rio – Por um Mundo Melhor”, e se não souberem do que se trata, vão ficar curiosos. Se o festival se chamasse “Maçã”, as pessoas ficariam curiosas também. O que eu quero é que as pessoas se questionem acerca de que mundo melhor é esse que pode existir.
Eu sinto orgulho de ser a pessoa que está à frente deste projecto e ter a possibilidade de fazer a minha parte por um mundo melhor.





JI – Já foram inauguradas algumas Salas de Estimulação sensorial. Vai haver mais inaugurações?

RM - Ao todo vão ser inauguradas 10 salas. Já foram inauguradas 2, e as outras 8 vão ser inauguradas antes do festival, só não vai haver mais cerimónias de inauguração.
Estas salas vão ajudar crianças a ter sem dúvida uma vida melhor.


JI - Quais vão ser as inovações para este Rock in Rio Lisboa 2006?

RM - Há um grande desafio. Fizemos um estudo de mercado, para saber o que é que as pessoas tinham achado do Rock in Rio Lisboa 2004, e a nota foi bastante alta, mas mesmo assim nós aprendemos muita coisa em termos de dinâmica do parque, e decidimos fazer algumas alterações.
A distribuição dos bares vai ser diferente, e com um melhor acesso, as casas de banho vão estar mais distribuídas e de uma forma diferente de há dois anos atrás.
A Tenda Electrónica está completamente mudada cheia de tubos de PVC, e de uma maneira geral visualmente falando, vai estar tudo muito diferente.
Vai haver também uma pista com neve que é verdadeira (uma mistura nitrogénio com água que sai com pressão), e depois é espalhada.
A Área Kids, é também uma inovação, e que achámos que é importante, depois de há dois anos termos visto muitas pessoas com bebés e crianças.
Espero que todos se divirtam muito, todos sob a mesma bandeira de Paz, Optimismo, Esperança, Solidariedade, Respeito e Alegria.


Fotografia: Revista Caras



Sandra Adonis


OUTRAS ENTREVISTAS:

Nouvelle Vague Junho 2009
Os Nouvelle Vague vão estar no Festival Super Bock, no dia 11 de Julho. O Festival vai realizar-se n
AMÉLIA MUGE 07/12/2008
Amélia Muge - “1 Autora – 202 Canções” Compositora de poemas transformados em acordes musicais
MIA COUTO LANÇA NOVO ROMANCE 24 de Junho de 2008
“Venenos de Deus, Remédios do Diabo” é o novo romance do escritor moçambicano Mia Couto. É atrav
“A Casa do Óscar” de Joana Machado 4 de Julho de 2008
O segundo trabalho de Joana Machado – “A Casa do Óscar” - traduz-se numa associação da paixão pe
FALA JORGE PALMA 29 Junho 2004
29 de Junho de 2004. Dois jovens estudantes, Tiago Videira e Isa Peixinho deslocam-se a casa de Jo
Nouvelle Vague Junho 2009
Os Nouvelle Vague vão estar no Festival Super Bock, no dia 11 de Julho. O Festival vai realizar-se n
Mannie - Entrevista à nadadora, Mannie Ng , atleta de alta competição. 26/06/2007
Julho de 2007 Mannie Ng, cujo nome é uma referência nacional no âmbito do Desporto Adaptado, nome
Entrevista com Sam The Kid Maio 2007
1. Em termos de personalidade, como é a tua relação com o mundo, com as pessoas? É essencialmente
PhaZer Abril de 2007
PhaZer é uma banda Portuguesa de rock, nascida em Junho de 2004. Os fundadores são: Henrique Martins
Entrevista com Mário Ferreira e José Carlos Sousa 23.JAN.07
GERIMOS A PROVA COMO AS NOSSAS EMPRESAS MAS SOB UM PRESSÃO MUITO MAIOR! Afirmam os pilotos no b
Entrevista com Pierre Aderne 2 de Novembro 2006
Entrevista com Pierre Aderne Filho de pai português e mãe brasileira, passou a adolescência em Br
Entrevista com Paco Bandeira 17 de Outubro 2006
Dispensa apresentações, porque já todos o conhecem. Faz música há mais de 30 anos e há melodias que
Entrevista com André Indiana 03 de Outubro 2006
Nasceu no Porto, mas tem fortes influências Norte Americanas, enraizadas, na sua música. André Indi
Entrevista com Lloyd Cole 23 Setembro 2006
Passou por Lisboa para apresentar o seu mais recente trabalho “Antidepressant”. É um senhor que não
Entrevista com André Sardet Agosto de 2006
Parece que foi ontem, mas já lá vão 10 anos que André Sardet nos brinda com a sua música feita um di
BARRA DA COSTA - «FILHOS DO DIABO» 02/08/2006
ENTREVISTA Agosto/2006 O professor unversitário e antigo inspector-chefe d
Entrevista com Christopher Cross Julho de 2006
Christopher Cross, é um nome bem conhecido, do meio musical. Músicas como “Sailing”, ficarão para se
ENTREVISTA COM GORGOROTH 18/07/2006
Para os fãs de JRR Tolkien, Gorgoroth é um nome bem conhecido. Retirado em 1992, (ano em que foram f
Entrevista com Blister Julho 2006
São 4 músicos que sabem o querem. Os Blister querem-nos mostrar que a sua música tem de ter como bas
Entrevista a Lou Rhodes Julho 2006
JI – Quem é “Beloved One”? LR – Essa é uma pergunta muito pessoal. A música “Beloved One” é insp
Entrevista com Anjos Junho 2006
Nelson e Sérgio são dois irmãos que enveredaram pela música. Eles são os “Anjos”, duas pessoas simp
SHADOWSPHERE: CORAÇÕES INFERNAIS 08/06/2006
Oriundos do Seixal e formados em Outubro de 2000, os Shadowsphere, hoje compostos pelo guitarrista L
Entrevista com Roberta Medina – Directora do Rock in Rio Lisboa 2006 Maio 2006
Roberta Medina é ainda uma jovem, mas o talento e o trabalho já estão mais que reconhecidos, ainda p
Entrevista com CIVIC Maio 2006
JI - Como surgiram os CIVIC. Porque se decidiram chamar assim? CIVIC - Os Civic juntaram-se em
ANA PAULA RUSSO - «MELODIA SENTIMENTAL» ABRIL/2006
ENTREVISTA ABRIL/2006 A soprano Ana Paula Russo, uma das artistas com maior grau de progressão
Entrevista com Ville Valo, vocalista dos HIM Março 2006
INSIDE – Fale-me da essência deste novo álbum “ Ville Valo : Este último Verão, quisemos trabalha
Entrevista com Maria Ana Bobone Março 2006
INSIDE – Como surgiu a música na sua vida? Maria Ana Bobone : A música sempre fez parte da minha
ENTREVISTA - LUÍS DE MATOS – UM MÁGICO EM ASCENSÃO Janeiro/2006
Luís de Matos, o mágico que revolucionou a arte do ilusionismo em Portugal, e cujo nome já é uma ref
HELDER COSTA – A BARRACA Novembro/2005
«O MISTÉRIO DA CAMIONETA FANTASMA» Novembro/2005 O Grupo de Teatro «A Barraca» estreou a peça «O
Norton em Entrevista Novembro 2005
Jornal INSIDE (JI) - Pergunta 1: Os Norton nasceram em Castelo Branco em 2002. F
Sepultura - Em exclusivo para o INSIDE Setembro 2005
Tudo começou com uma brincadeira no começo dos anos 80 na Cidade de Belo Horizonte. Paulo Jr., Jair
ENTREVISTA A FILIPE LA FÉRIA 20/06/2005
FILIPE LA FÉRIA DEPOIS DE «AMÁLIA» «A CANÇÃO DE LISBOA» JUNHO/2005-06-20 Fazedor de grandes
«The Room 74» - 12 Histórias em Canções 23 Maio 2005
- The Room 74 - « MetroSexual » Auto-intitulado como um «projecto de canções», os The Room 7
AMÉLIA MUGE- NA CÓRSEGA COM GIACOMETTI MAIO/2005
Amélia Muge esteve na Córsega, onde actuou no Festival Cantares de Mulheres e Instrumentos do Mundo,
CARLOS VIDAL- AS «HISTÓRIAS» DO AVÔ CANTIGAS 7/04/2005
ENTREVISTA ABRIL/2005 Foi no saudoso programa televisivo da RTP «O Passeio dos Alegres», apres
FERNANDO PEREIRA – 20 ANOS DE CARREIRA- MARÇO/2005
O apreciado «entertainer» Fernando Pereira, a comemorar agora os 20 anos de carreira e que foi um do
PLANETA DANÇA - PROPOSTAS COM RITMO Março 2005
O Planeta Dança tem conferido momentos com muito ritmo, com base em culturas latinas, africanas e or
FEEDBACK - ROCK CHEIO DE FÉ Fev 2005
Chamam-se Feedback, curiosamente o primeiro nome dos actuais monstros consagrados U2, e deram a con
INCRÍVEL CLUB - ARTE DE BEM RECEBER Fev 2005
Almada viu nascer um novo espaço virado para as artes. Do cinema aos inevitáveis cafés concerto, ou
Padre Vítor Melícias – Confissões de um Franciscano 05/1/9
Gosta da vida e tem dela uma apreciação positiva, não obstante reconhecer as enormes chagas que pust
THE GIFT EM SINTONIA Dez 2004
Com a recente edição do terceiro álbum de originais intítulado "Am/Fm", o Inside recupera parte da e
VILHENA, TRAÇO E PALAVRA VERRINOSOS - II 6 12 2004
ENTREVISTA TRIPARTIDA EM EXCLUSIVO PARA O ‘INSIDE’, A PARTIR DO LIVRO ‘A GARGALHADA DO RESISTENTE’ A
VILHENA, TRAÇO E PALAVRA VERRINOSOS - I 22/11/04
Para a posteridade, quando ele der a derradeira gargalhada e partir do nosso convívio, José Vilhena
OS "FEELINGS" DE DJ VIRIATO Outubro 2004
Depois de uma infância marcada pelo gosto e experimentação da música, surge a maturidade ganha em rá
Alcione Scarpin - ENTREVISTA 06/09/2004
As «Conversas Terapêuticas» de Alcione Scarpin Setembro de 2004 A psicóloga brasileira Alcion
NGA – O reflexo perfeito da cultura Hip-Hop! Agosto de 2004
NGA não é um “mais” um artista. Além de escrever todas as letras das suas músicas, que reflectem asp
STONERAGE - prontos a “rockar” o país!!! Junho
Compostos actualmente pelo vocalista Ricardo Serrano, Herlander Freitas na guitarra, o baixo Carlos
A ironia de Rui Zink: "Não há futebol em Portugal!" 2004
Talento da escrita, nota-se-lhe também mestria na irreverência, na pimenta que lhe tempera o discurs
REMÉDIO SANTO - ROCK DE BOA SAÚDE 22 Maio
Nasceram para a música no início de 98, então constituída por Paulo Pereira na voz e guitarra, Bruno
LISBOA EM QUEIMA 16 Maio
Este sábado foi dia de mais uma Benção das Fitas, numa manhã de grande afluência à Alameda das Unive
GRAY - MÚSICA EM TONS CINZENTOS ABRIL 2004
São naturais do Porto, e têm 2 Eps na bagagem (com um 3º a caminho). O estilo Pop Rock que os caract
LOTO - Jackpot de musica no álbum de estreia "The Club" 7 de Abril de 2004
Os Loto são portugueses, de Alcobaça e diversão é o que se pode esperar do disco de estreia "The Clu
THE GIFT - Em directo de Alcobaça 20 Março
Final de tarde, Bar Clinic em Alcobaça. Depois de filmados planos atrás de planos para o vídeo de “D
RÁDIO MACAU "Sempre mais" Março 2004
"Acordar" marca uma nova etapa na já longa carreira dos Rádio Macau, à beira de festejar precisament
Nicorette 26 de Fevereiro de 2004
A dupla Nicorette, constituída por Sílvio Rosado (música) e Carla Lickfold (voz), formou-se há pouco
Adolfo Luxúria Canibal em mega entrevista: 2003
Adolfo Luxúria Canibal. Homem forte e voz dos Mão Morta, ele é um anti-sistema por vocação. Abdicand
José Luis Peixoto em discurso directo -- Fomos megalómanos com os estádios ! 9 de Dezembro de 2003
No olhar saltita-lhe a timidez, o miúdo que sonhou ser escritor e que afinal já o é. No branco que c
BALBÚRDIA em discurso directo 8 Dezembro
Eis mais uma banda á descoberta da afirmação, do sucesso, da credebilização no meio nacional, já com
PEDRAS ROLANTES - MAGNIFICAS PRODUÇÕES 25 de Novembro de 2003
"Pedras Rolantes" é ao mesmo tempo uma peça e um concerto ao vivo. As Magníficas Produções voltam ao
DIXIT - EM ENTREVISTA 2003-10-24
Para os Dixit o circuito está "topado". Os apoios são reduzidos, as mentalidades não mudam, ser músi

Principal - Noticias - Agenda - Classificados - Forum - A Equipa Inside - Contactos