Actualidades

ZEE Festival

MC G15, MC MM , MC Kekel e Blaya

Juntos em Gaia dia 4 de Agosto

Chega já no próximo mês de agosto o ZEE Festival, um festival em que a música aparecerá como pano de fundo de acções de consciência ambiental, sustentabilidade e inserção social. No dia 4, do mês mais quente, o Funk tomará conta da Praia da Aguda com alguns dos nomes maiores do estilo: MC Kekel, MC G15, MC MM e Blaya.
O ZEE Festival é um novo conceito de Festival à beira mar. Os países costeiros têm direito a uma zona económica exclusiva para além das suas águas territoriais. Esta zona, conhecida por ZEE separa as águas nacionais das águas internacionais. É com a preservação desta zona em mente que surge esta zona exclusiva de música e diversão para embalar o verão no Atlântico Norte.
Na música, a língua portuguesa domina, unindo obviamente os dois lados do atlântico. Do Brasil chegam 3 dos maiores nomes do Funk do país irmão. MC Kekel interprete do grande êxito "Amor de Verdade" com MC Rita, que conta já com mais 260 Milhões de Views no Youtube, MC G15 com sucessos universais como "Deu Onda" ou "Cara Bacana" e MC MM que tem um dos hits do Verão "Só quer Vrau" numa adaptação do tema "Bella Ciao" da série "La Casa de Papel".
De Portugal, um nome que dispensa apresentações. Foi cara dos Buraka Som Sistema e agora, em 2018, chegou para deixar marca no panorama nacional. A preparar novo disco para breve, Blaya, lançou há 3 meses o primeiro single, "Faz Gostoso" que conta já com 16 Milhões de Visualizações surpreendendo tudo e todos, antevendo um Verão em grande para a artista.
Os bilhetes para o ZEE Festival já estão à venda em BOL.pt e locais habituais com preço de 10€ bilhete normal e 25€ com acesso à Zona VIP a té 15 de Julho. A partir de dia 16 de Julho, os bilhetes custa 15€ e 35€ respetivamente.

Autor: ilda pires
Data: 21/06/18


COMENTÁRIOS

Visite-nos no FacebookVisite-nos no Twitter

Entrevista

André Indiana

Entrevista com André Indiana


ler mais

Votação

Mediar entendimento
46%
Agir pela força
27%
aplicar mais sanções
11%
outra
16%