Musica

ROCK IN RIO 2018

PRIMEIRO DIA

Dia 23 de Junho

Este evento não é só e apenas mais um Rock in Rio, mas sim um renovado e mais moderno e atrativo parque de espetáculos e diversão.
Na edição anterior, que teve lugar há dois anos o mesmo foi um sucesso, no entanto estamos certos e convictos que este marcará a diferença pela inovação e pelas novas atrações musicais e de diversão disponíveis para quem o visita.
Os fans do ROCK IN RIO começam agora a perceber o quanto são importantes para o contributo social na ajuda a diversas causas sociais, ambientais e culturais, dado consistência a este fator foi a certificação atribuída e o reconhecimento desta marca pela América Latina na norma internacional ISO 20121 que reconhece que o “Rock in rio” desenvolve diversas ações no âmbito do seu compromisso com a construção de um mundo melhor, assumindo a responsabilidade dos seus impactos, minimizando os fatores negativos e potenciando os positivos, desenvolvendo ainda ações para a compensação dos impactos negativos sociais, ambientais e económicos que sejam inevitáveis.
O rock In Rio é também hoje um evento de nível internacional com compromissos bem exigentes e delineados, apostado em implementar normas e a melhor de edição em edição adotando praticas mas exigentes a todos os níveis.

DIOGO PIÇARRA foi o primeiro a pisar o palco mundo
É um musico influente no meio musical e no género POP ROCK, deixando cada vez mais a sua marca por onde passa, cativando mais admiradores da sua musica e conseguindo ate chegar a disco de ouro com o álbum que lançou em 2017 com o nome “Já Não Falamos” seguindo as pegadas do anterior que dá pelo nome de “Espelho” que também foi um sucesso.
Foi este ano convidado a pisar o palco mundo no primeiro dia do ROCK IN RIO, entrou em palco por volta das 18 horas com bastante atitude, mostrando ao público o seu trabalho e as suas músicas, algumas delas sobejamente conhecidas por todos os que o aguardavam.
Interpretou bem os seus temas e mostrou forte ligação com o seu público, cantou “Paraíso”.,” Só existo Contigo”, História” e “Abrigo “ e umas quantas mais
Esteve acompanhado com um grupo de bailarinos que deram cor e movimento ao espetáculo, todos vestidos com roupas militares e empunhando bandeira dando o seu melhor e acabando por ajudar o músico a interagir com o público e a animar o recinto.
Estou certo que esta aparição irá dar um forte impulso na sua carreira e contribuir para conseguir assim novos admiradores que o tornarão ainda mais conhecido por causa desta participação.

CAROLINA DESLANDES
PALCO MUSIC VALLEY - 19HORAS
Uma hora de concerto num palco repleto de flores BRANCAS a representar a PAZ.
Podemos dizer que veio para ficar no coração de todos e que apesar de ter interrompido a sua carreira por causa de uma dupla maternidade nada a prejudicou, voltando assim a cantar bem e de forma motivada conseguindo ter um excelente desempenho na amostragem do seu novo álbum “CASA”
Todos a queriam ver para querer e foram muitos os que não arredaram pé até ao fim da sua atuação, acreditaram que ela valia a pena e não se desiludiram pois foi o que se viu nesta excelente atuação.
Ela merece fazer parte da música Portuguesa atual e esse lugar já ninguém lhe tira.
Cantou e fez cantar com os temas “Avida toda” Avião de papel” “Não é verdade” estes temas foram apenas alguns que fizeram parte do seu alinhamento entre outros que também encantaram os seus fans.
Desta forma, deu a conhecer um pouco melhor do seu novo álbum e no final homenageou os XUTOS, com o HOMEM DO LEME.
Em resumo, está mais Madura e mais profissional e isso nota-se pela sua atitude e pelo seu profissionalismo, foi lindo! E Tão cedo não nos sairá da memória.
MUSE
23 HORAS PALCO MUNDO
Aproximadamente um quarto de hora antes da hora marcada ouve se os acordes da guitarra a soar energicamente e bem executados e só depois deste pequeno aperitivo aparece a banda que começa a então a sua atuação sempre com o seu estilo muito próprio e presenteando o público um puro HARD ROCK.
Os Muse dispensam qualquer apresentação e por isso foram sem dúvida os grandes responsáveis por esgotar o parque da Bela vista nas edições anteriores de 2008 e 2010 e de também levarem novamente mais de 70.000 ao recinto neste primeiro dia, estando assim presentes pela terceira vez no rock in rio.
Desta vez os britânicos voltam a subir ao palco Mundo para fechar o primeiro dia do festival.
Foram muitos os que não faltaram querendo matar saudades e vindo em peso fazendo do parque da bela vista local obrigatório.
Foi um grande espetáculo com o seu líder Matthew Bellamy a fazer as honras da casa com uma excelente atuação e onde ele os seu músicos interpretaram temas como “Time is Running Out”, “Plug in Baby”, “Undisclosed Desires”, 'Supermassive Black Hole', 'Stockholm Syndrome', 'Madness' 'Starlight', entre muitos outros, fazendo da noite dia e levando á loucura os seus mais próximos admiradores.

Que voltem e de pressa!


TEXTO ILDA PIRES
FOTOS AGÊNCIA ZERO


Autor: inside
Data: 27/06/18


COMENTÁRIOS

Visite-nos no FacebookVisite-nos no Twitter

Entrevista

Nouvelle Vague

Nouvelle Vague


ler mais

Votação

Mediar entendimento
47%
Agir pela força
28%
aplicar mais sanções
9%
outra
16%