Musica

Aline Frazão

Apresenta novo álbum “Dentro da Chuva”

Em Coimbra, no Misty Fest 2018

Prestes a editar “Dentro da Chuva”, o quarto álbum de originais, Aline Frazão anuncia mais um concerto de apresentação do novo disco: inserido na programação do Misty Fest, realiza-se a 14 de Novembro, na Antiga Igreja do Convento São Francisco, em Coimbra. Este concerto junta-se às já anunciadas datas da nova digressão de Aline Frazão em palcos nacionais, a 9 de Novembro, na Casa da Música, no Porto, e a 29 de Novembro, no Teatro São Luiz, em Lisboa. Os bilhetes para os 3 concertos já se encontram disponíveis.

“Dentro da Chuva” foi gravado no início do ano, ao sul do mundo, no Rio de Janeiro, uma cidade de significativas influências e cumplicidades musicais. Aline Frazão é autora da maioria dos temas, assina a produção musical e, ao vivo, tal como acontece no álbum, apresenta-se a solo, num quase “voz e violão” minimalista e poético.

Num formato despojado que evoca a intimidade, “Dentro da Chuva” conta com o contributo valioso de músicos convidados, como o violoncelista Jaques Morelenbaum, a cantora e compositora baiana Luedji Luna e o músico português João Pires (dos Cordel), com quem Aline partilha a autoria de uma das canções.

Do sucessor de “Insular” já se conhecem o primeiro single e respectivo video, “Peit Ta Segura”. Cantado em crioulo de Cabo Verde, “Peit Ta Segura” foi composto por Danilo Lopes da Silva, cantor e compositor cabo-verdiano, e cumpre, segundo Aline Frazão, “um desejo antigo de cantar em crioulo. O meu avô materno é de Cabo Verde e sempre vi a música desse país como uma das minhas referências. 'Peit Ta Segura', que em português seria algo como 'O Peito Carrega', é uma canção de uma beleza essencial. Fala sobre esse jogo de forças da natureza que seguram o céu, o mar e os corações apertados deste mundo.”

Autor: inside
Data: 28/08/18


COMENTÁRIOS

Visite-nos no FacebookVisite-nos no Twitter

Entrevista

remedio santo entrevista

REMÉDIO SANTO - ROCK DE BOA SAÚDE


ler mais

Votação

Mediar entendimento
46%
Agir pela força
27%
aplicar mais sanções
11%
outra
16%